Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória - Salmo 115:1

08 janeiro 2011

José do Egito, Um Paradigma De Líder

Texto: Gn. 37:1-36; 39:1- 42:6; 47:13-26

José, filho do patriarca Jacó, tinha dezessete anos e era amado por seu pai por ser o filho caçula e filho de Raquel, a mulher amada de Jacó. José teve sonhos proféticos em que dominava sobre seus irmãos. Seus irmão movidos por ódio e ciúme venderam-no para os ismaelitas e estes por sua vez, venderam-no a Potifar, oficial de Faraó, comandante da guarda. José foi escravo, preso injustamente e depois Primeiro Ministro do Egito, e revelou-se um grande líder (Gn 37).

Antes que Deus pudesse usar José, ele precisaria ser preparado psicológica, moral e espiritualmente, além dele agregar saberes, e moldando-o no líder que, com seu potencial, viria a ser.

Um líder não é aquele que nasce para ser líder. Este é um conceito, uma idéia falaciosa. Um verdadeiro líder é aquele que, na sua comunidade, trabalha para que todos sejam motivados e livres, e que não tem receio de formar líderes e sem o medo de dividir suas responsabilidades. A sociedade, de modo geral, incentiva mais lideranças dominadoras e paternalistas do que lideranças animadoras e libertadoras.

I – ALGUMAS DAS CARACTERÍSTICAS DE UM LÍDER

De modo simples, um Líder se caracteriza pelas qualidades e capacidade de ajudar a sua comunidade ou grupo a integrar-se, entender-se, perseverar e realizar seus projetos e objetivos. Uma boa liderança trata de valorizar todas as pessoas que integram a sua comunidade ou grupo, apoiá-las sem impor-se, sem ser ditador, e motiva as pessoas no seu dia a dia, incentiva a comunicação, interação e participação.

a) José possuía as características dos grandes líderes. Vejamos algumas dessas características:

Primeiro, todos os líderes têm um sonho, uma perspectiva de um futuro melhor. No caso de José, ele teve visões no sentido literal e profético. Este tipo de visão transporta a pessoal para uma dimensão supra temporal, antecipando o futuro a ela. Isto também diz respeito a Inteligência Espiritual (Colossenses 1:9).

Segundo, nenhum sonho ou visão de um líder pode ser mantida em segredo, mas partilhada com a comunidade ou grupo para que todos possam dar formato e vida a ela, tornando assim uma realidade. A visão pode realçar a liderança de uma pessoa quando é compartilhada de modo correto, eficiente. Porém, quando é feita de modo errado, os outros não compram a idéia e, alem de rejeita-la, podem criar confusão e problemas. E foi exatamente isso o que fez com que José se metesse em conflito com seus irmãos.

b) Para ser um grande líder é preciso de quatro coisas essenciais:

Primeira, tempo para amadurecer - como a maioria dos grandes líderes, José trabalhou no anonimato por um período de sua vida antes de se tornar qualificado para liderar outras pessoas. Vendido como escravo com apenas 17 anos (Gn 37:2), ele se colocou diante de Faraó somente aos 30 anos (Gn 41:46). Foram precisos 13 anos de preparação. Na época em que interpretou os sonhos do soberano, ele era um homem transformado. Estava equipado. Era humilde e um grande líder em potencial.

Segundo, provas para se fortalecer - os diamantes só revelam a sua beleza depois que são lapidados. Os grandes líderes são formados apenas a partir de provações. José nunca teria alcançado seu potencial se tivesse ficado em casa ou terra natal. Para tornar-se um grande líder, ele precisou ser primeiro um escravo e um prisioneiro. Isto significa que, antes de ser líder, uma pessoa deve aprender a ser liderada. Os conflitos na vida tem caracteres pedagógico e terapêutico. Deus converte toda situação crítica em situação de bem-aventurança: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28).

Terceiro, sair do anonimato - se quiser tirar proveito das suas qualidades de líder, não pode ficar no anonimato. Tem de tornar-se notado e estimado; para tanto, os seus conselhos, competência e talentos devem ser percebidos pelos outros. Uma pessoa se torna líder pelas suas qualidades e não por imposição.

Quarta, a bênção de Deus - sem Deus, um líder não pode fazer nada que venha ter significado e valor real. Jesus declarou: “Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (João 15:5). Deus abençoou José enquanto ele trabalhava como escravo na casa de Potifar. Também o abençoou enquanto trabalhava na prisão. A Bíblia relata em Gênesis 39 quatro expressões do favor de Deus. Gênesis 39:23, por exemplo, afirma que “o Senhor era com ele, e tudo o que ele fazia o Senhor prosperava”. Bem aventurado o líder cujo Deus é o SENHOR!!

II – BASES PARA UM LÍDER

Ser um líder não é simplesmente dar ordens de qualquer modo. Mas é aquele que sabe orientar o povo para seguir na direção correta. É aquele que sabe motivar as pessoas para alcançar o objetivo com planejamento, organização, disciplina e criatividade. Isto quer dizer que a pessoa que almeja ser líder precisará trabalhar a pedra bruta.

Um verdadeiro líder é um exemplo a ser seguido pelo povo, pela comunidade. Deve ser uma pessoa que possui algumas habilidades que não são ensinadas em cursos, como por exemplo, ter senso de justiça, honestidade, saber reconhecer, ser honesto, ter habilidade para comunicar, ter habilidade política, pois liderar é uma arte.

Eis algumas das bases essenciais para ser um líder:

  1. Visão
  2. Carisma
  3. Caráter
  4. Responsabilidade
  5. Mentor
  6. Planejamento
  7. Ser Social
  8. Impulso de Realização
  9. Estabilidade Emocional
  10. Tolerância à Ambiguidade
  11. Capacidade de Decisão
  12. Delegação
  13. Ter Atitude
  14. Altruísta, e
  15. Ter Fé em Deus.
Todo líder precisa de princípios, de atitudes norteadoras. Ser líder não é um simples dom, mas sim um comportamento que precisa ser aprimorado, melhorado e desenvolvido. Um líder que é movido por princípios e por uma busca incessante da excelência, tem de saber focar as 15 bases exaradas acima e entender muito bem de resolução de conflitos.

Ser líder é ter autoconfiança para tomar iniciativas, a coragem para avançar quando muitos já se debilitaram, desanimaram, a lucidez para apontar direções quando tantos ficaram sem norte, a serenidade para buscar a paz enquanto muitos buscam espalhar a desordem e o conflito.

Um líder não nasce feito ou pronto, mas ele se forma ao longo dos anos, pela experiência adquirida e através da análise e da reflexão de fatos e situações.

Sucessos !!!

2 comentários:

  1. Muito bom seu Blog Pastor, continue assim! Parabéns!!! Ótimos textos. Graça e Paz.

    ResponderExcluir
  2. Palavrs que são para a nossa edificação parabéns pelo texto...
    Graça sobre graça
    9 de janeiro de 2011 17.06

    Neuzinete

    ResponderExcluir