Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória - Salmo 115:1

21 dezembro 2014

Princípios Para Alcançar Seus Objetivos

Para lograr êxito na busca dos objetivos é importante desenvolver ou adotar estratégias certas e inteligentes no decorrer do processo de consolidação de tais objetivos. A base para o sucesso é constituída de convicções que se manifesta em atitudes. As convicções produziram a constância que, por sua vez, se manifestará na capacidade de manter a ideia ou objetivos que se pretende materializar.
O Senhor Jesus Cristo declarou: “Tudo é possível ao que crê”(Marcos 9.23), isto significa que o sucesso é sempre possível àqueles que acreditam e tem determinação na busca dos seus ideais. Vejamos alguns princípios para alcançar os objetivos que pretendemos de modo satisfatório.

1 - Princípio da Responsabilidade Pessoal
Tudo que colhemos na vida é resultado de nossas ações. Portanto, você não pode culpar as pessoas pelo seu fracasso ou coisa semelhante. O controle da sua vida pertence a você, portanto, você deve assumir a responsabilidade de sua vida. A vida é como uma novela, um filme, você escreve a história, o roteiro, escolhe os coadjuvantes que irão contracenar contigo, o cenário e o final. O final da novela pode ser um sucesso ou um fracasso, terror, isso irá depender do seu gosto ou desejo.
Obstáculos, dificuldades e vários tipos de empecilhos você terá no seu caminho, mas a sua vida é você que a vive. Outra pessoa não pode viver a sua vida. No curso da vida você terá “judas”, mas também terá sempre a companhia do Mestre Jesus Cristo. Ele disse: “Eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século”(Mateus 28.20). Acredita em Deus, mas também acredita em si mesmo, você tem um grande potencial que ainda não foi explorado em sua plenitude.

2 - Princípio dos Bons Hábitos
 A Palavra de Deus nos leciona: “Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento”(Filipenses 4.8). Hábitos é um conjunto de atitudes mentais e comportamentais que provem o sucesso ou fracasso de uma pessoa. Conforme ensina a Palavra de Deus, uma estrutura mental positiva, irá expressar pensamentos, atitudes e comportamentos positivos. Portanto, você deve, mesmo em situações críticas e de riscos, pensar positivamente. Não esqueça: “Tudo é possível ao que crê”. “Transformai-vos pela renovação da vossa mente”(Romanos 12.2). Uma nova forma de pensar, sentir e agir edificará uma nova forma de ser que te levará ao sucesso.

3 - Princípio da Adequação
Conforme orienta a Palavra de Deus: “Transformai-vos pela renovação da vossa mente”(Romanos 12.2). isto quer dizer, também, a capacidade de se adequar às novas exigências e realidades. Se você quer ter êxito na vida, na busca dos seus objetivos, você precisa mudar sua forma de pensar e de agir. A renovação do modo de pensar é fundamental para quem busca o sucesso na vida. Sendo assim, você precisa amadurecer, desenvolver-se, inovar e evoluir na forma como faz a leitura da vida, das situações, do mundo e de como estrutura o seu pensamento.
A adequação é a capacidade para flexibilizar diante dos desafios. Você deve manter os objetivos escolhidos, mas deve renovar as estratégias e buscar alternativas sempre que necessário for. Os desafios sempre exigirão flexibilidade e adequação inteligente.

4 – Princípio da Superação
O Apóstolo Paulo leciona: “Esquecendo-me das coisas que para traz ficam e avançando para as que diante de mim estão prossigo para o alvo...”(Filipenses 3.13-14). Não é fácil, mão também não é impossível. Muitas pessoas tem dificuldade de avançar devido o peso do passado não superado. Está ancorada no passado. Se você está preso ao seu passado em amargura, frustração, decepção, ressentimento e medo, então você deve buscar a cura interior e aprender a superar. O crescimento pós-traumático surge com ações orientadas e certas, mas para tanto é preciso aprender com os erros, com os traumas, percas e frustrações do passado. As experiências do passado tem um caráter pedagógico de grande valia. Portanto, você deve procurar aprender com o seu passado. O Apóstolo Paulo nos leciona a superação: “Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos”(2 Coríntios 4.8-9).

Concluindo este texto, espero que de alguma forma possa ter contribuído para o seu desenvolvimento pessoal e que você lograr êxito na busca dos objetivos que você escolheu para si. Sucesso na vida e que o Senhor Jesus Cristo ilumine o seu caminho sempre.

04 janeiro 2014

Três Coisas Para Que Você Consiga A Vida De Teus Sonhos

“A sabedoria do prudente é entender o seu próprio caminho, mas a estultícia dos insensatos é enganadora” - Provérbios 14. 8;
“Confia no SENHOR as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos” - Provérbios 16.3

Todos nós sonhamos, almejamos uma vida de paz, de alegria, de bem-aventurança, que supre os nossos anseios. Isso não é errado, ter uma vida produtiva, com grandes realizações é ótimo. A Palavra de Deus declara: “Sei que nada há melhor para o homem do que regozijar-se e levar vida regalada; e também que é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho” (Eclesiastes 3.12-13).

Para alcançar a vida de nosso sonho é preciso ter uma visão clara da vida que pretendemos ter, isto é, convicção, discernimento e uma visão empreendedora inteligente. Ser capaz de administrar as próprias emoções, pois o desafio é grande, muitas surpresas pelo percurso, o que pode traz um estresse, desgaste emocional. Também é preciso dominar o medo e romper com os bloqueios mentais e emocionais ou psicológicos. O medo é um “mal” necessário, mas quando é excessivo, passa a dominar, então passa ser um mal que precisa ser tratado. Neste texto quero abordar estes três temas e espero que seja útil para você leitor.

Primeiro, ter uma visão clara da vida que pretende ter
A maioria das pessoas sonha, deseja ter uma vida melhor, mas muitas pessoas são condicionadas desde pequenas a adotar uma vida que, na maioria das vezes não é o que as deixa realmente felizes e preenchidas. O que faz com que nunca consigam alcançar a felicidade, paz e tranquilidade interiores. Portanto, vivem em crises existenciais.

Para alcançar a vida de nosso sonho, é preciso desenvolvermos uma visão clara da vida que pretendemos ter, para tanto é preciso fazer uma leitura da realidade na qual estamos inseridos, ampliar nossa visão de mundo para, então, desenvolvermos um plano estratégico, estabelecendo os propósitos, isto é, os objetivos a médio e a longo prazo, estabelecer estratégias corretas. Mas antes, devemos ter convicção e discernimento e uma visão empreendedora que surgem de nós mesmos. Muitas pessoas não tem convicção própria, não tem discernimento, vivem na sombra dos outros. É importante que acreditemos nos nossos dons, talentos, capacidade de realização. Cada pessoa tem um potencial latente e que precisa ser explorado o máximo possível. Entende uma coisa, caro leitor, você é capaz!

Uma visão clara da vida que pretende ter envolve atitude mental correta. Uma vida de excelência exige atitude mental nobre. Para uma vida de excelência é preciso desenvolver uma mente de excelências, empreendedorismo, prosperidade, bem-aventurança. No ano de 2012 a mídia brasileira abordou sobre pessoas que ganharam milhões na loteria e que em pouco tempo estavam pobres novamente. Tais pessoas gastaram com vícios, luxúria e coisas fúteis. A mentalidade dessas pessoas não mudaram, continuaram pesando miseravelmente, sem visão nobre, sem uma visão racional da vida. Pessoas com mentalidade subdesenvolvida não dão valor a vida, estão presas aos vícios, a luxúria e a uma visão miserável de vida.

Amigo, se você quer ser próspero, pensa na prosperidade, ande com quem é próspero. Se queres ser sábio, anda com os sábios. Se queres ser forte, anda com os fortes. Se queres ser bem-aventurado, anda com os bem-aventurados.

Provérbios 13.20,  declara: “Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau.” Um abismo chama outro abismo. A tua vida é aquilo que você planejou, escolheu. Pessoas subdesenvolvidas, medíocres estão sempre a culpar os outros, a sociedade, pelos seus fracassos e pela vida que leva. Saiba de uma coisa, você é capaz, você pode! O Senhor Jesus declarou: “Tudo é possível ao que crer”. Portanto, se você acredita em Deus, acredita no potencial que ele te deu, vá em frente, tenha atitude positiva, pois Deus é contigo. O sucesso, a prosperidade não são para qualquer um, mas para aqueles que buscam com determinação, tem uma vida planejada, que se esmeram.

Segundo, ser capaz de administrar as próprias emoções
Estresse, ansiedade, excesso de preocupação, medo, tristeza, raiva, ciúme, angústia são tudo emoções negativas que qualquer pessoa está sujeita a padecer  no dia a dia, quer seja na profissão, no amor, na relação familiar. Ser capaz de administrar as próprias emoções é ter a capacidade de se adaptar às mais diversas situações para alcançar um objetivo, é ter flexibilidade e foco em momentos de pressão, é saber mensurar, avaliar os sentimentos. A Bíblia Sagrada, em Gálatas 5.23, fala do domínio próprio, que se refere a nossa capacidade de usar nossas emoções de modo a facilitar a nossa boa performance no dia a dia de nossa vida. Tem pessoas que vivem em “curto circuito”, pois não são capazes de administrarem as suas próprias emoções. Isso é péssimo, pois as emoções abaladas podem gerar na pessoa, doenças psicossomáticas e outros males. Em consequência disso, a pessoa deixa de ser produtiva no dia a dia.

Quando uma pessoa vive com sentimentos e emoções negativas o seu potencial de realização fica praticamente nulo e, portanto, não consegue alcançar resultados positivos na sua vida. É importante que buscar ajuda, fazer uma análise e, assim, reestruturar as emoções.

Terceiro, romper o medo
Uma pessoa dominada pelo medo e bloqueios emocionais não consegue ter atitude,  entrar em ação e fazer o que realmente tem que ser feito. Para romper o medo e bloqueios é preciso descobrir a coragem que há dentro de nós. Coragem é uma força interior que nos leva a enfrentar os desafios com confiança, com determinação, com intrepidez.

Diante dos desafios diários da vida, é preciso aprender a confiar em Deus e, também, na nossa capacidade, no nosso poder de realização, de conquista. Para tanto, é preciso buscar o autoconhecimento, pois se não conhecermos a nós mesmo, também não saberemos o potencial que temos. O medo surge da dúvida e esta pela incerteza e a incerteza pela falta de conhecimento. Então, quanto mais sabermos acerca de nós mesmos e da realidade na qual estamos inseridos, menos medo e bloqueios teremos. O conhecimento liberta!

Todos nós temos vários medos e bloqueios internos que, se não forem trabalhados, não obteremos mudança alguma em nossa vida.

Terminando este texto, espero ter, de algum modo, ajudado você amigo leitor. A vida é um constante desafio, mas cheia de possibilidades. Portanto, a vida de teus sonhos pode se tornar realidade. Para tanto, tenha fé em Deus, acredita em teu potencial de realização, não tenha medo e chama à realidade os sonhos que tanto sonhou. “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem” - Hebreus 11.1.

06 dezembro 2013

Em Que Pensar

“Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” - Filipenses 4.8.

O pensamento pode determinar o seu comportamento e, também, revelá-lo. O Senhor Jesus Cristo disse, “pelos frutos conhecereis a árvore”. Portanto, como o espelho reflete a aparência física da pessoa, do mesmo modo as reações revelam qual é o verdadeiro estado da alma, o verdadeiro caráter, quais são os pensamentos de uma pessoa. “Como na água o rosto corresponde ao rosto, assim, o coração do homem, ao homem” – Provérbios 27.19.

I. O pensamento determina o comportamento
Todo pensamento tem um poder criativo ou destrutivo. Se você pensa uma coisa muitas vezes, se medita varias vezes sobre o conteúdo de determinado pensamento, as conexões psicossomáticas associada com tal pensamento vão se fortalecendo. Inevitavelmente comportamento será desenvolvido e seu estado emocional será afetado. O pensamento pode influenciar negativa ou positivamente, vai depender de seu conteúdo.

Se algum pensamento te incomoda, te desanima, te deprime, derruba a sua autoestima e lhe rouba a esperança, você deve rejeitar tal pensamento, pois ele pode causar problemas psicossomáticos e comportamentais em você. Os pensamentos criam um estado emocional que pode ser negativo ou positivo, que por sua vez altera o padrão mental. O conteúdo mental gerencia o comportamento, ação e reação. Altera o estado emocional, alegria, felicidade ou tristeza, choro, penúria, abatimento. Por isso, “jamais digas: Por que foram os dias passados melhores do que estes? Pois não é sábio perguntar assim” (Eclesiastes 7.10). Mas, traz à memória o que lhe pode dar esperança (Lamentações 3.21). Pensar em coisas positivas, boas, revitaliza o estado emocional e fortalece a autoestima. Renove a sua mente, descarta, deleta, os pensamentos ou lembranças que lhe tira a paz, a esperança, o bom ânimo.

II. Atitudes mentais perigosas
Quando uma pessoa passa a manifestar certas afirmações generalizadas em determinados momentos, pode indicar que o seu estado mental está confuso, o que indica perigo. Exemplos:
  • Pensamentos negativos ou obsessivos sobre um acontecimento desagradável;
  • Radicalismo, inflexibilidade perante situações;
  • Espiritualizar tudo ou demonizar tudo;
  • Usar palavras como “nunca” e “sempre”;
  • Responsabilizar os outros pelos seus fracassos;
  • Se julgar vítima de tudo e de todos;
  • Tirar conclusões precipitadas.
Estas distorções do pensamento, se não corrigidas a tempo, pode produzir um desequilíbrio emocional e gerar diversas coisas negativas nos relacionamentos doméstico, social e profissional. Mudar o conteúdo mental não é fácil, mas também não é difícil, para tanto, você deve buscar ajuda e querer mudar o modo de pensar.

É importante considerar que o modo como uma pessoa faz leitura e interpretação da sua realidade e do mundo, pode gerar pensamentos equivocados que irão influenciar nos seus conceitos e definições sobre a vida, a realidade na qual está inserida. Portanto, é essencial desenvolver uma mente de poeta, ou seja, uma mente capaz de extrair o belo mesmo de situações, realidades ou coisas aparentemente desprovidas de beleza e bondade. Uma leitura positiva da vida é resultado de esperança, senso crítico aguçado, de fé.

III. Como desenvolver uma atitude mental positiva
Pense positivamente. Em suas reflexões sobre a vida, sobre situações difíceis, não foque a derrota, não seja precipitado em suas conclusões, mas contemple possibilidades, foque resultados positivos, seja mais moderado.

Não mantenha o foco no passado, pois você tem o presente e o futuro para percorrer e conquistar. Esqueça o passado e avança para as que estão adiante (Filipenses 3.13). Você não pode conquistar o futuro ocupado com o passado. Não permita que o passado gerencie seu presente e futuro.

Pense positivamente. Ocupe seu pensamento com coisas boas, de boa fama, boas virtudes e coisas que edificam, que constroem (Filipenses 4.8). Aprenda a fazer uma leitura positiva das coisas, da vida e das situações de momento. Sempre veja possibilidades e nunca a derrota, o fracasso. Jamais associe a sua vida com as dos outros. Cada pessoa é distinta da outra e os resultados dependem do modo de agir de cada um.

Acredite em suas capacidades, talentos e aprenda a gostar de desafios. Considere este princípio, você não tem problemas, mas você tem desafios. Os desafios que você tem, são oportunidades para que você revele, mostre, as suas virtudes, capacidades de realização. O mundo está diante de você, conquiste-o!!


Que este texto seja, de algum modo, um instrumento para o seu desenvolvimento, superação. Um grande abraço e sucesso na vida.

01 dezembro 2013

Avaliando as Próprias Emoções

Salmo 42.5-6a: “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu. Sinto abatida dentro de mim a minha alma.”


As emoções são a propulsão da vida humana, o ser humano é emoções, em todas as suas atitudes tem uma dose significativa de emoção. O abatimento é um tipo de sentimento que tira da pessoa a perspectiva de viver bem e se não tratado ele pode se fortalecer e levar a pessoa à depressão e consequentemente pode lhe causar a morte. Em tudo a pessoa busca emoções. Emoção é uma força, motivação que pode ser positiva ou negativa. Positiva ou negativa, para o bom e para o mau, as emoções estão sempre na base e no topo dos nossos comportamentos.

As emoções são as causas de ações precipitadas ou impensadas e que podem produzir consequências terríveis. Portanto, saber discernir as emoções e ter consciência do estado emotivo do momento é fundamental para uma vida bem-aventurada, equilibrada. Você discerne as suas emoções? Saber discernir as emoções e a tomar consciência do quanto influenciam a mudança dos estados internos é essencial para o equilíbrio emocional. O modo de saber é questionando as emoções e sentimentos. O salmista questiona a sua alma: “Porque estás abatida, ó minha alma?”

Um dos principais princípios da inteligência espiritual cristã é o domínio próprio (Gálatas 5.23), que nada mais é que autoconsciência. Esse é o segredo do equilíbrio, compreender melhor os sentimentos através da autoanálise, procurar entender as causas dos sentimentos, tanto negativos quanto positivos, e o quanto eles estão determinado as nossas ações, comportamentos. Não devemos ignorar que as emoções orientam e, até mesmo, determinam o comportamento humano. Portanto, antes de se deixar levar pelos sentimentos, o ideal é questionar as suas causas.

Outro princípio da inteligência espiritual cristã é a sabedoria, que é a prudência racional. É a virtude de que nos capacita discernir qual o melhor caminho a seguir, a melhor atitude a adotar nos diferentes contextos que a vida nos apresenta. Sabedoria é ponderação, discernimento.

Provérbios 4.6 a 9: Não desampares a sabedoria, e ela te guardará; ama-a, e ela te protegerá. O princípio da sabedoria é: adquire a sabedoria; sim, com tudo o que possuis, adquire o entendimento. Estima-a, e ela de exaltará; se a abraçares, ela te honrará; dará à tua cabeça um diadema de graça e uma coroa de glória te entregará.

No dia a dia as pessoas estão sujeitas a vivenciar situações que podem alterar o seu estado de humor e influenciar o seu modo de pensar. As emoções influenciam o comportamento das pessoas, por isso que é fundamental questionar os sentimentos. Por exemplo, uma pessoa pode estar num estado de euforia positiva, por algum motivo aleatório, como assistir um comercial, assistir um filme ou ouvir um testemunho positivo de alguém e, então, a partir da li, ter uma atitude precipita de comprar algo sem necessidade, terminar um relacionamento, em fim, fazer algo por simples emoção, sentimento alterado.

Quando uma pessoa desenvolve uma melhor compreensão acerca dos seus sentimentos e de onde eles vêm, ela passa a não cometer equívocos, atitudes irracionais.

O salmista emprega o princípio do questionamento para compreender o abatimento de sua alma, do mesmo modo, podemos empregar tal princípio, questionando os nossos sentimentos:
  • “Por que estás abatida ó minha alma, por que te perturbas dentro de mim?”
  • Afinal o que estou sentindo? Quando começou esse sentimento?
  • Qual é a causa desse sentimento que estou experimentando agora?
  • Estou cansando ou estressado? Chateado ou deprimido?

Para cada uma das perguntas feitas é preciso obter respostas satisfatórias. Para tanto, a reflexão, a ponderação e a calma são essenciais para resolver, sanar os conflitos internos. Trabalhar a conexão entre sentimento, pensamento e comportamento é uma arte, e as pessoas que conseguem isso é sinal que desenvolveram uma elevada consciência emocional e consciência espiritual.

O domínio próprio é um resultado do lapidar a pedra bruta, de moldar os sentimentos e aprimorar as virtudes. Portanto, “pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam retos” (Provérbios 4.26).

Espero que este texto sirva para o seu desenvolvimento pessoal e que tudo de bom surja em sua vida.

03 agosto 2013

Superando Momentos Difíceis

A vida é um constante desafio e momentos difíceis teremos, pois a vida, desde o instante que nascemos até o instante da morte, é um desafio. Todos nós estamos sujeitos às dificuldades, às necessidades, às crises e similares. Mas uma coisa devemos saber, não temos problemas, temos desafios. A superação dos momentos difíceis irá depender de como nos comportamos diante deles e de como administramos as nossas emoções.

O que é preciso fazer para superar momentos difíceis? De modo conciso abordarei alguns elementos essenciais para tal. O assunto é extenso, mas o que aqui apresento é suficiente para nos ajudar. Vejamos.

I. MANTER A CALMA
Nos momentos difíceis a tendência natural do ser humano é desesperar, explodir ou implodir. Manifestar uma reação negativa. Dependendo do grau ou intensidade da situação muitas pessoas cometem atos que marcarão sua vida para sempre. Manter-se sereno diante da diversidade exige uma estrutura emocional trabalhada. Por isso que é importante desenvolvermos inteligência emocional, pois ela é a capacidade de reconhecer mos os nossos próprios sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles.

É importante dar um tempo para se acalmar e reestabelecer o equilíbrio emocional diante da situação de crise e superar os ataques de ira, de frustração e angústia. Em muitos casos há coisa que não tem como mudar ou reverter a situação e o que devemos fazer é aceitar a situação e aprender com ela. Para nós que somos cristãos e acreditamos na providência do Senhor Jesus Cristo devemos descansar nele, pois ele é o nosso refúgio, socorro bem presente nos momentos difíceis, portanto não devemos temer, mas acreditar em possibilidades positivas e que o Espírito Santo de Deus nos orientará.

Nos momentos difíceis é importante bloquear, rejeitar os pensamentos derrotistas, motivação negativa e comentários desanimadores. É importante manter-se calmo, sereno e acreditar em possibilidades positivas, pois “tudo é possível ao que crer”, disse o Senhor Jesus Cristo.

Uma vez calmo, com as emoções sobcontrole, é momento então de buscarmos entender a natureza desses momentos difíceis para supera-los. Devemos ter coragem para encarar as dificuldades e gastar tempo estudando e investigado as suas causas. Toda crise e toda dificuldade tem sua causa, sua origem e que deve ser descoberta e entendida. Uma vez que temos consciência da causa da nossa crise ou dificuldade, fica mais fácil supera-la.

II. RECUPERE O ÂNIMO E FORTALEÇA O HOMEM INTERIOR
Diante dos momentos difíceis é importante sair, passear um pouco, conversar com amigos, ler um bom livro e assistir uma palestra motivacional; fazer meditação na Palavra de Deus, orar e fazer reflexões espirituais. Tudo isso não é fuga, abandonar a situação, mas uma maneira para recuperar o ânimo e fortalecer o nosso homem interior. Temos as promessas de Deus. “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder”(Efésios 6.10). Pois bem aventura é aquele que tem prazer nos princípios de Deus e neles meditam dia e noite, tudo quanto ele faz será bem sucedido (Salmo 1). “Bem-aventurado o homem cuja forma está em Deus, em cujo coração se encontram os caminhos aplanados, o qual, passando pelo vale árido faz dele um manancial”(Salmo 84.5-6).

“O espírito firme sustém o homem na sua doença, mas o espírito abatido, quem o pode suportar?”(Provérbios 18.14). “O SENHOR firma os passos do homem bom e no seu caminho se compraz; se cair, não ficará prostrado, porque o SENHOR o segura pela mão”(Salmo 37.23-24).

Para superar as dificuldades é preciso encara-las como um desafio e jamais como um problema! Nós não temos problemas, mas sim, desafios. Portanto, seja otimista, visualize um futuro promissor, acredite sempre na sua capacidade produtiva, em seus dons e aptidões. Todas as pessoas já passaram ou passarão por momentos difíceis! A superação das dificuldades dependerá de como nos comportamos diante delas.

CONCLUSÃO
Aprender a lidar com as crises, momentos difíceis nos faz supera-los e nos coloca numa condição de vencedor com maturidade para encarar e superar dificuldades futuras.

“A fome do trabalhador o faz trabalhar, porque a sua boca a isso o incita”(Provérbios 16.26). Isto quer dizer que as necessidades e dificuldades que enfrentamos despertam em nós as nossas qualidades, virtudes, valores e capacidades inertes. Manter a calma, recuperar o ânimo e fortalecer o homem interior são atitudes essenciais para superar momentos difíceis na vida. A fé em Deus e em si mesmo é outro fator diferenciador.
Espero ter contribuído para o desenvolvimento pessoal e que Deus nos abençoe sempre.

02 agosto 2013

Superando o Fracasso

De modo geral, fracasso, refere-se ao estado ou condição de não atingir um objetivo desejado ou pretendido. Pode ser visto como o oposto de sucesso. O fracasso é um fenômeno considerado acidente de percurso, pois ninguém planeja fracassar e que todo ser humano está sujeito a sofrer. Toda pessoa que explora o seu potencial está sujeita a fracassar, pois todas as nossas ações tem sua fraqueza. Ninguém gosta do fracasso e quando ele acontece o seu efeito pode ser devastador ou pode ser pedagógico, vai depender como cada pessoa encara o fracasso. Então o que fazer diante do fracasso?

I. BUSCAR ENTENDER O PORQUÊ DO FRACASSO
É fundamental manter a serenidade quando perceber que fracassou e aceitar que falhou, fazer uma leitura cuidadosa de toda ou todas as situações que contribuíram para o fracasso, reavaliar a metodologia empregada e fazer as correções necessárias. Se há possibilidade de reverter a situação, então deve estruturar uma estratégia para resgatar ou fazer aquilo que ainda pode ser feito.

Muitas pessoas deixam-se abater diante de um fracasso ou falha, se explodem ou implodem, entram em depressão, angústia e acabam desenvolvendo doenças psicossomáticas tais como: ulcera, gastrite, enxaqueca, insônia, diarreia, intestino preso, dor no corpo, problemas cardíacos e tantos outros. Tudo isto porque não sabem lidar com o fracasso.

O entendimento do porquê do fracasso é a melhor ferramenta para a superação, para o sucesso. Para tanto é importante ter humildade e coragem para encarar a situação de fracasso. Buscar ajuda, pesquisar, rever métodos, conceitos e encontrar o tempo propício para agir. Uma leitura crítica profunda, sincera é essencial para um bom entendimento das coisas.

II. FAZER DO FRACASSO UM ELEMENTO PEDAGÓGICO
Fracassar não significa que uma pessoa não tem competência, que não vale nada, mas tão somente que algo falhou, deu errado e precisa planejar melhor e ter um controle de qualidade melhor. Quando uma pessoa, diante do fracasso, emprega a autopunição, autodepreciação, ela está desviando foco das causas, das ações e processo que produziram o fracasso. Com isso ela acaba por travar-se e sua vida deixa de ser produtiva, perde qualidade e tudo se torna em lamentos.

É preciso manter o otimismo, a fé em si mesmo, confiar na capacidade pessoal, renovar os ânimos e ter fé no Senhor Jesus Cristo. Coragem, determinação, desejo de superação e vontade de aprender com o fracasso ou perde, falha são elementos essenciais para ter sucesso.

É importante rever as estratégias que foram empregadas para superar casos de falha ou fracasso no passado. Devemos aprender com os erros, falhas ou fracasso, pois esses tem um caráter pedagógico que poderá nos auxiliar no desenvolvimento e amadurecimento pessoal. Uma pessoa de sucesso é aquela que aceita a falha, procura aprender com ela, persegue o sucesso e não se dê por derrotada. Uma pessoa só é derrotada definitivamente quando perde a autoestima, a autoconfiança, a fé e o bom caráter. O fracasso ou falha oferece oportunidades para recomeçar, para aprimorarmos os nossos dons e talentos e para manifestarmos as nossas virtudes. Não existe fracasso maior do que a inércia diante do desafio. Aquela pessoa de iniciativa, de atitude positiva diante do desafio, que se esmera e luta em busca da superação, merece o respeito e a admiração de todos. Uma pessoa de sucesso é aquela que aprende com os erros e falhas e tira proveito destes para o aprimoramento pessoal e poder lograr êxito nos próximos desafios, empreendimentos. É importante salientar que, nós não temos problemas, temos desafios e precisamos saber agir e reagir perante eles, e saber administrá-los.

“Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão. Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixe” (Salmo 126.5-6).

É importante manter a cabeça erguida e lutar, sabendo que sucesso é conquista e não coisa que pode ser comprada em uma loja ou supermercado. Sucesso, também, não é hereditário, mas resultado de planejamento, perseverança, determinação, abnegação, fé, esmero e muita vontade de aprender. “...sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança.” (Romanos 5.3-4).

Buscar ajuda para superar desafios não é ridículo ou indicador de incompetência, mas de humildade e vontade de aprender. Se a falta de conhecimento contribui para o seu fracasso, então leia muito sobre a questão, busca aprender com pessoas experientes e compartilhe suas dificuldades. Seja um eterno aprendiz!


CONCLUSÃO
O erro, a falha e ou fracasso são coisas que qualquer pessoa está sujeita a passar, faz parte do processo de viver e aprender. Devemos desenvolver expectativas realistas, ter coragem para empreender em que área for da nossa vida e ter consciência de possibilidades de falhar ou errar. Superar o fracasso é algo que exige de cada um de nós muita determinação, autoestima, autoconfiança, humildade, abnegação e vontade de aprender com as falhas. Somos pessoas humanas e como tal cometemos erros e falhas. Portanto não desista de seus planos e sonhos, mas lute, esmere para que eles se tornem realidades. “Tudo é possível ao que crer” – Senhor Jesus Cristo.

Sucesso é conquista, portanto, devemos buscar entender o porquê do erro e fracasso, ter senso crítico aguçado e fazer do fracasso um instrumento pedagógico para a superação. O fracasso é um desafio e como tal, nos oferece oportunidades para apresentarmos as nossas virtudes, talentos e valores. Espero ter contribuído um pouco para  a sua vida!

20 julho 2013

Construindo Uma Vida De Excelência

Construir uma vida de excelência é o sonho de muitos, mas poucos são os que se detém para pensar, refletir sobre o assunto e desenvolver um plano estratégico para tanto. A vida vai sendo construída de qualquer forma, com planejamento ou sem planejamento. A nossa vida é o resultado das nossas ações, sendo que estas, por sua vez, são os nossos pensamentos em ação. Neste texto abordo dois pontos importantes e espero contribuir para a sua reflexão e desenvolvimento pessoal. Vamos lá então!

I. OS NOSSOS CONTEÚDOS MENTAIS TRANSFORMAM-SE EM NOSSAS AÇÕES
“Porque, como imagina em sua alma, assim ele é” (Provérbios 23.7a).  As nossas ações surgem ou são elaboradas em nossa mente antes de serem fatos. É na nossa mente que planejamos, arquitetamos todas as nossas ações. A nossa vida é uma construção, que vamos construindo com as nossas ações dia após dia. Portanto devemos controlar nossos pensamentos os orientandos para serem criativos positivamente.

Criar situações diárias para promover bons pensamentos é fundamental. Para tanto, devemos ser seletivos. Ou seja, procurar ler bons livros de edificação pessoal e profissional, assistir boas palestras motivacionais e educativas na área do nosso seguimento profissional e de vida, relacionar ou conviver com pessoas positivas, entusiastas e bem resolvidas na vida e nos negócios; devemos andar com os fortes, com os sábios, com os que acreditam em possibilidades, pois isso irá naturalmente inspirar nossa vida e inspirar e potencializar nossos pensamentos. O hábito faz a pessoa! “Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau” (Provérbios 13.20).

A nossa vida muda quando o nosso modo ou estilo de pensar muda. O estado dos nossos pensamentos determinam a nossa vida, pois o nosso conteúdo mental gerencia as nossas ações. Portanto, se queremos construir uma vida de excelência começa pelo modo de pensar, porque muitos dos nossos pensamentos se tornam em ações e estas em nossa vida. Nós verbalizamos aquilo que foi determinado em pensamento, na mente. A boca fala aquilo que a mente está cheia (Lucas 6.45). A transformação da nossa vida surge pela renovação da nossa mente (Romanos 12.2), pois muitos dos nossos pensamentos se tornam em ações e estas em nossa vida. Portanto, devemos pensar com inteligência, sabedoria e criatividade, pois os resultados práticos surgirão.

II.  AS NOSSAS PRÁTICAS TRANSFORMAM EM NOSSA VIDA
Todos nós somos aquilo que praticamos. A nossa vida é a soma de todas as nossas práticas, isto é, experiências. A vida é o resultado do que fazemos, seja bom ou ruim. É a soma dos resultados externos que iniciam com os pensamentos. Para construirmos uma vida de excelência é preciso adotarmos um controle de qualidade para que possamos mensurar as nossas ações, reavaliar nossos conceitos e valores, e promover rupturas quando necessário for. Na condição de cristãos, devemos adotar seriamente os ensinos e a vida do Senhor Jesus Cristo como o paradigma a ser seguido.

A vida é uma construção que é a soma das nossas obras. E obra é qualquer ação realizada, isto é, nosso pensamento em ação. Uma vida de excelência se constrói com atitude inteligente, planejamento, propósitos bem definidos, determinação, entusiasmo, fé, humildade e muita disposição de aprendiz. As circunstâncias de momento e os contrários poderão tentar nos tirar do foco da nossa vida, os nossos pés feridos, mãos calejadas poderão vacilar, mas a nossa visão e determinação aliadas à nossa fé dirão que deveremos avançar. “Os que com lágrimas semeiam com júbilo ceifarão. Quem sai andando e chorando, enquanto semeia, voltará com júbilo, trazendo os seus feixes” (Salmo 126.5 e 6). Uma vida de excelência é construída com esmero, com abnegação, com muita luta e com muita determinação. É não olhar para o passado, pois por lá já andamos, mas é firmar-se no presente e focar no futuro por onde deveremos andar.

Espero que este texto possa contribuir para a sua vida pessoal, para o seu desenvolvimento. Faça da sua vida pessoal o principal objeto de seu investimento! Não desperdiça tempo com coisas fúteis, coisas desnecessárias, mas invista tempo em leitura de bons livros, em palestras, em boas amizades, em reflexão sobre a vida e sobre você mesmo, em cursos, seminários de atualizações e algo semelhante. “O SENHOR te responda no dia da tribulação; o nome do Deus de Jacó te eleve em segurança. Conceda-te segundo o teu coração e realize todos os teus desígnios”(Salmo 20.1 e 4).